Calosidades

…..Todos os treinamentos físicos envolvem algum tipo de fator agressivo ao corpo, que, em doses moderadas e dependendo de sua intensidade e natureza, fazem-no ficar mais forte e resistente.  Mesmo conhecendo bem seus limites, é inevitável que algum tipo de conseqüência afete negativamente seu corpo, por mais que cuidados sejam tomados.

…..Seguindo a mesma linha da matéria Bolhas da Estrada, este texto tem por objetivo informar o praticante de Kendo a cuidar de um problema muito comum que se forma nos pés: os calos.

…..Primeiramente, é importante conhecer os aspectos básicos do treinamento de Kendo, voltando a atenção para os pés. A movimentação do corpo é coordenada pela ação dos pés e o bom trabalho destes é fundamental no desempenho do lutador. O termo usado para esta movimentação é ashi-sabaki, traduzido livremente como “trabalho de pés”.

…..A postura básica de pés no Kendo é realizada a partir do posicionamento natural do corpo ereto, com os joelhos um pouco separados. Daí, o pé direito é colocado a frente e o esquerdo logo atrás, com ambos apontando vetorialmente para frente. O calcanhar esquerdo é levemente levantado. A abertura das pernas é apenas de um passo, aproximadamente. A partir dessa posição, é possível fazer movimentos de avanço, recuo e saídas laterais com certa praticidade.

…..Existem algumas movimentações padronizadas que são amplamente treinadas. O site Kendo Guide possui uma apresentação mais técnica a respeito das formas e nomenclaturas.

…..O principal ashi-sabaki usado é o suri-ashi, que consiste em avançar deslizando suavemente os pés sem levantar as pontas dos dedos, sempre começando pelo pé direito, seguido imediatamente pelo esquerdo.  É comum que haja momentos do treino em que somente é realizado o suri-ashi, atravessando distâncias como uma quadra repetidas vezes e em velocidades variadas.

Suri-ashi: primeiro direito, depois esquerdo.

.

…..Devido ao atrito, é comum o surgimento de lesões como bolhas e calos.

…..Os calos são uma resposta adaptativa do corpo ao estresse promovido em uma área específica, sempre na pele pressionada por uma saliência óssea. Por esta razão, se desenvolvem na planta dos pés com certa freqüência e facilidade, pois é uma região naturalmente propensa ao atrito e pressão.

Planta do pé e calcanhares são áreas de pressão e fricção.

.

…..Existem algumas formas de se tratar um calo, mas a maioria não é recomendada sem orientação médica direta. Procedimentos como desgaste por produtos químicos, cortes ou raspagens só devem ser realizadas por profissionais qualificados.

…..Apesar da resistência masculina, a melhor opção é manter os pés em tratamento constante, aplicando cremes hidratantes e óleos para que a pele fique macia, evitando que o ressecamento agrave a presença dos calos. Tais procedimentos devem ser rigorosamente seguidos, como passar os produtos antes de dormir, diariamente.

…..Uma preocupação constante é a ruptura dos calos, que provocam sangramento, dores agudas e incômodas, atrapalhando a concentração ou até mesmo incapacitando a continuidade do treino. Outro fator agravante é a sujeira impregnada nos pés, que pode infeccionar o ferimento com facilidade, que em graus mais sérios, pode até levar a amputação de um dedo.

Ruptura do calo. Ferida pequena, incômodo enorme.

…..A pele abaixo do dedão do pé esquerdo é uma constante vítima de calosidades e rupturas, pois o movimento de avanço exige um esforço de projeção do corpo inteiro quase que totalmente concentrado nesta região.

Observe como o pé esquerdo (o de trás) se posiciona.

.

…..A melhor forma de se evitar essa situação é ainda o tratamento contínuo da pele, pois quando macia é mais difícil de romper. Mas mesmo assim, é recomendável o uso de proteções, como fitas adesivas reforçadas (esparadrapo). Como curiosidade, existem alguns protetores específicos para evitar calos e bolhas:

Protetor de pé: ajuda evitar bolhas e calos.

…..Finalizando, os calos não deixam de ser uma marca da vida proporcional ao seu esforço e comprometimento com o treinamento. Mesmo com tratamentos, eles continuarão lá para coroar sua persistência e força de vontade.

…..Recomendo também a leitura da matéria relacionada no blog da academia de Memphis.

_____________

…..O que achou da matéria? Sua opinião é importante para o crescimento deste trabalho. Caso tenha dúvidas ou queira conversar sobre o assunto, envie um e-mail para: blog.espiritomarcial@gmail.com

2 comentários sobre “Calosidades

  1. Tem quem diga que “Kendô só se aprende fazendo calo, nas mãos e nos pés” ! E creio que é isso mesmo! Os calos são sinal de que há esforço de praticar, e com isso aprender! Claro, não há necessidade de ‘deformar’ as mãos, nem sofrer com bolhas e rachaduras na planta dos pés, mas é bom que o praticante esteja consciente e disposto a ‘sofrer um pouquinho’ pelo que quer alcançar! Não se realiza nada na vida, absolutamente nada!, sem algum sacrifício! …
    Há uma reminiscência interessantíssima da vida de um Mestre religioso, que conta assim: certa vez ele sugeriu a um de seus discípulos e assistentes diretos para experimentar tocar suas mãos. Esse discípulo imaginava que as mãos do Mestre fossem suaves, mas não!, elas eram eram calejadas! E o Mestre explicou: “esses calos eu consegui de tanto caligrafar as Imagens de Deus para vocês, sabia?” O discípulo ficou muito tocado pelo exemplo e sinceridade do Mestre, e entendeu que ali ele também estava ensinando, não com um sermão, mas pelo exemplo!
    Abraços!

    • Olá Aldqueiroz,

      Obrigado pelo comentário tão completo! Devemos passar longe dessa ilusão que as coisas vem “facilmente”, sem sacrifícios ou sair da zona de conforto. São estes esforços que criam a resiliência física e psicológica que nos preparam para as “surras” da vida. :)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s